Capa-Metamorphosis-1024x980

Já comentamos em um artigo prévio a história dos relógios da Montblanc, e citamos uma das jóias da relojoaria desta empresa – o Montblanc Metamorphosis. Esta obra de arte da relojoaria foi apresentado na edição de 2010 da SIHH (Salon International de La Haute Horlogerie – Genève), e possui uma fantástica complicação – seu mostrador se altera como “mágica”, mudando seu design e função – de um relógio clássico para um cronógrafo. A empresa levou este conceito a outro patamar com a nova geração deste relógio – o Montblanc Metamorphosis II – que apresentaremos neste artigo.

O relógio Montblanc Metamorphosis II possui uma complicação única, que oferece uma mudança espetacular de design e função do mostrador de relógio, e cuja manufatura combina características da relojoaria tradicional com princípios inovadores. O seu desenvolvimento levou mais de 4 anos e rendeu muitas patentes à empresa. Seu complexo movimento possui 746 componentes, todos feitos com materiais preciosos e totalmente decorados à mão, dos quais 494 são exclusivamente dedicados à função de metamorfose.

Detalhe dos mecanismos do Montblanc Metamorphosis II

Detalhe dos mecanismos do Montblanc Metamorphosis II

O Montblanc Metamorphosis II é fabricado de forma totalmente manual e artesanal. Este relógio representa a simbiose perfeita de tradição e inovação, e certamente tem seu lugar dentre as grandes complicações do mundo da alta relojoaria. Seu design une uma beleza clássica atemporal, associado a uma elegância desportiva característica.

O desenvolvimento do movimento deste relógio ocorreu na manufatura da Montblanc em Villeret – a antiga fábrica Minerva, fundada em 1858, com 156 anos de tradição em cronógrafos e alinhada com a mais alta relojoaria da montanhosa região do Jura suíço. Aliás, o mostrador de cronógrafo deste relógio segue a tradição visual dos antigos cronógrafos fabricados pela Minerva, assim como sua frequência, de 18.000 A/h (2,5 Hz).

A “metamorfose” é iniciada pelo deslizamento de uma alavanca situada entre o indicador de “8 horas” e “10 horas”, muito semelhante à utilizada para o acionamento de um repetidor de minutos. Há duas regiões do mostrador que se modificam – a parte superior e a inferior.

As duas abas que compõem a face inferior do mostrador se retraem, uma para cada lado, relevando o disco contador de minutos do cronógrafo, que se eleva gradualmente até se integrar ao ponteiro que indica a data. Como já mencionado, este disco segue a estética adotada tradicionalmente pela antiga fábrica Minerva na confecção de seus cronógrafos – sem dúvida, uma iniciativa da Montblanc em se manter ligada à tradicional relojoaria da região.

Simultaneamente, na parte superior do mostrador, duas abas também se afastam nos lados esquerdo e direito, fazendo a visualização de horas clássica com algarismos romanos desaparecer, revelando o design do cronógrafo, caracterizado por números em algarismos arábicos, o que confere uma excelente legibilidade a este mostrador.

Enquanto que o ponteiro de minutos retrógrado mantém sua função original, o ponteiro central de segundos muda sua função para servir como segundo ponteiro do cronógrafo. O contador de minutos do cronógrafo em preto surge de dentro do movimento até o nível do mostrador e é acionado pressionando-se o botão integrado à coroa.

A Metamorfose

A Metamorfose

Este processo é reversível, e o movimento oposto é iniciado quando se desliza a alavanca novamente: as abas com o mostrador clássico deslizam na parte superior e inferior do mostrador, escondendo o contador do cronógrafo, que desce para o interior do relógio. A mudança de mostradores leva apenas cerca de 5 segundos para ocorrer. Durante este processo, os vários componentes do relógio – rodas, engrenagens, pinhões – iniciam um “dança” perfeitamente coreografada, impulsionado por um tambor separado e precisamente controlado por um regulador de força.

Porém, melhor do que tentar descrever o movimento, é visualizar seu movimento. O belíssimo processo de fabricação deste relógio e seu funcionamento foram registrados em um vídeo da própria empresa, que reproduzimos a seguir:

Realmente, ver o mecanismo de metamorfose funcionando é uma experiencia incrível…

Não está satisfeito?

Então convidamos o sr. Alexander Schmiedt, diretor da divisão de relógios da Montblanc, para explicar todas as funções do relógio:

É um relógio que chama muito a atenção também pela sua dimensão – sua caixa de ouro 18K altamente polido possui 52 mm de diâmetro, com uma altura de 15,8mm – uma medida fora de padrão para um relógio formal.

Uma das mais inovadoras características técnicas do Montblanc Metamorphosis II é sua habilidade de reter permanentemente todas suas funções, independentemente do mostrador escolhido. As funções de cronógrafo e data permanecem ativos independentemente de estarem expostas na face do relógio. Com isto, se o relógio estiver no modo “clássico” e o cronógrafo for acionado, o contador de minutos do cronógrafo irá funcionar normalmente. Com isto, ao se mudar a visualização para o modo “cronógrafo”, o tempo transcorrido e registrado pelo cronógrafo será imediatamente indicado. O mesmo acontece para a data. Mesmo se o cronógrafo estiver ativo por vários dias, a data continua sendo executada em segundo plano, e será exibida com total precisão quando o relógio retornar ao modo “clássico”.

Refletindo o espirito das peças de relojoaria da prestigiosa e exclusiva “Collection Montblanc Villeret 1858”, o novo Montblanc Metamorphosis II mantém a nossa esperança de que ainda há relojoarias dedicadas à perfeição em termos da tradicional arte de fabricação artesanal e construção inovadora, refinamento estético e confiabilidade.

Esta incomparável peça de relojoaria será produzida em uma edição limitadíssima de 18 (dezoito!) peças, oferecendo a interpretação da empresa para a metamorfose do tempo. Obviamente, tal exclusividade tem um preço – ainda não divulgado. Possivelmente, será na mesma faixa de valor de seu antecessor – cerca de 200.000 dólares.

O lançamento oficial do Montblanc Metamorphosis II será realizado oficialmente no evento Watches & Wonders, que ocorrerá de 29 de setembro de 2014 a 02 de outubro de 2014, em Honk Kong. Este evento reunirá os principais representantes da Alta Relojoaria mundial – como A. Lange & Söhne, Aldermars Piguet, Baume & Mercier, Cartier, IWC Schaffhausen, Jaeger-LeCoutre, Panerai, Piaget, Richard Mille, Roger Dubuis, Vacheron Constantin, Van Cleff & Arpels, além da própria Montblanc. Certamente, teremos grandes novidades deste evento! Aguardem!

A seguir, a ficha técnica desta obra de arte.

Montblanc Metamorphosis II

  • Identificação: 112442
  • Movimento: MB M 67.40
  • Tipo de movimento: Relógio com movimento mecânico manual. Conta com um mecanismo de transformação mecânica da função do indicador de tempo para a função de cronógrafo.
  • Cronógrafo: Cronografo “monopusher” com embreagem horizontal e roda de coluna
  • Dimensões do movimento: 16 lines (38.40 mm); Profundidade =12.45 mm
    • obs.- para saber um pouco mais da unidade de medida francesa “lines”, não deixe de ler nosso artigo da Longines!
  • Número de componentes: 746 (494 para a metamorfose)
  • Número de jóias: 85
  • Reserva de força: Aproximadamente 50 horas
  • Balanço: Screw balance
  • Frequência: 18,000 A/h (2.5 Hz)
  • Hairspring: com curva terminal Phillips
  • Main plate: Rhodium-plated nickel silver com granulação circular em ambos os lados
  • Pontes: Rhodium-plated nickel silver com Côtes de Genève
  • Going-train: braços facetados banhados a ouro, superfícies de diamante polido

Mostrador “Clássico”

  • Marcador de horas na posição de “12 horas”
  • Ponteiro de minutos retrógrado.
  • Ponteiro de segundos centralizado
  • Indicador de data na posição de “6 horas”

Mostrador “Cronógrafo”

  • Cronógrafo de segundos central
  • Disco contador rotativo de 30 minutos na posição de “6 horas”

Características

  • Caixa: red gold (uma liga de ouro e cobre) de 18 quilates (5N)
  • Dimensões: diâmetro: 52 mm, altura 15.8 mm
  • Cristal: Safira
  • Parte traseira: red gold de 18 quilates (5N) com cristal de safira
  • Resistência à água: 3 bar (“30 metros”)
  • Mostrador: Decorado a ouro com vários detalhes finalizados à mão, dependendo da face (“Grain d’orge” guilloché, “Clous de Paris” guilloché, espiral guilloché, acabamento circular acetinado, faixa de minutos elevada de “red gold” de 18 quilates (5N) e índice “cabochon”); ponte de safira, circulo de horas com numerais romanos pretos para o mostrador clássico e números arábicos pretos para o mostrador do cronógrafo.
  • Coroa: red gold de 18 quilates (5N) com incrustação em madrepérola do emblema da Montblanc.
  • Botões: mecanismo deslizante na caixa na posição das “10 horas”, para o acionamento da transformação; ajuste de data na posição “4 horas”, botão do cronógrafo integrado à coroa.
  • Ponteiros: Ponteiros de hora e minuto em 18 K red gold (5N), ponteiro de data em nickel silver, ponteiro do cronógrafo em Pfinodal.
  • Pulseira: Couro de jacaré-preto costurado à mão com fecho dobrável triplo feito em red gold de 18 quilates (5N)
  • Producão: 18 relógios