20140119-173141

Não há como negar que os preços dos bons relógios são muito altos, ainda que muitos percebam o valor que eles têm.

A pergunta mais frequente que uma pessoa que está começando a se interessar por essas peças se faz é “qual a justificativa para um custo tão elevado”? A resposta é longa, mas pode ser dividida em 3 partes:

  1. A Suíça é um país caroA mão de obra num país desenvolvido como a Suíça é muito mais cara do que em países em desenvolvimento, como a China ou o Brasil, por exemplo. Quando um relógio tem a inscrição “Swiss Made” em sua face, pelo menos 50% do custo das peças é composto por material suíço, e a montagem final deve ter sido realizada nesse país. Isso é valorizado pelos compradores, por toda a tradição envolvida, mas acaba aumentando os custos de produção, o que acaba subindo o valor de venda, em cascata.

  2. Os materiais utilizados são carosOs relógios mais caros utilizam materiais de qualidade superior em sua fabricação, ou porque são materiais diferentes do habitual (ouro, platina, prata, couro de crocodilo) ou por serem de maior qualidade que a média, como no caso do aço inoxidável de alta qualidade, no couro das pulseiras, sem defeitos aparentes, e assim por diante. Com um controle de qualidade mais rígido, mais material é descartado, e esse é mais um componente dos altos preços.

  3. Os relógios suíços são artigos de luxo

    Essa é uma parte muito importante da composição dos preços, e é aqui que você precisa decidir se quer ou não pagar por isso. Como artigos de luxo, a lógica matemática dos preços já não é precisa, pois a exclusividade, o relacionamento, o círculo social, até a ostentação, tudo entra em jogo, e faz com que o preço alto seja até uma forma de atrair um público específico. Enquanto algumas marcas preferem parecer alheias a isso, a verdade é que todas se beneficiam desse status que os relógios suíços ganharam, já que podem aumentar seus preços de venda, aumentado a margem de lucro. Paga-se mais do que se recebe em materiais e serviços, mas é uma forma de mostrar o seu pensamento, o que você valoriza, sua identidade. Não comprar um relógio caro, por outro lado, também é uma forma de mostrar os seus ideais, e é igualmente válido. Essa materialização de valores é um conceito muito importante na nossa sociedade, e compõe, portanto, a maior parte do alto custo dos relógios suíços.

O que você pensa sobre gastar mais dinheiro em produtos de luxo, de maior qualidade, mesmo que isso signifique pagar um preço maior do que o custo de produção? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.